STEEL FRAME OU ALVENARIA CONVENCIONAL, QUAL É A MELHOR OPÇÃO?

STEEL FRAME OU ALVENARIA CONVENCIONAL, QUAL É A MELHOR OPÇÃO?

O sistema construtivo sustentável, o steel frame, trouxe mais uma opção para o mercado brasileiro de construção. Além de não se utilizar tijolos ou cimentos em uma obra feita por meio desse processo, o principal material estrutural é o aço galvanizado, que possui mais de 1.000 anos de durabilidade garantida.

Alvenaria convencional x Steel Frame

A construção de alvenaria convencional é aquela formada por pilares, vigas e lajes de concreto, sendo que os vãos são preenchidos com tijolos cerâmicos para vedação. Já o streel frame, sistema totalmente industrializado, é aquele que usa material com controle de qualidade de fábrica em todos os processos da obra.

Por que o Steel Frame ganha destaque?

  • A obra é construída mais rápida: uma construção tradicional que leva quase um ano para ficar pronta pode ser agilizada com no máximo 3 meses do início até a sua conclusão. 
  • Economia extrema de água: em tempos de água escassa, é imprescindível que os seres humanos tomem consciência de que precisamos salvar a água do planeta. Em obras convencionais, existe um gasto de 500L de água por metro quadrado construído. Já com steel frame, não existe quase o uso de água na sua construção, seu consumo é de apenas 1% deste volume, apenas 5L de água por metro quadrado construído.
  • Leveza para a sua obra: o termo “light”, de “light steel frame” significa leve. Como a composição da estrutura com fechamentos é mais leve que a construção tradicional, o sistema em si pode ser até 10x mais leve do que a alvenaria.
  • Durabilidade, por se tratar de um sistema composto por materiais industriais a garantia de resistência e durabilidade são altamente controlados, além dos sistemas serem todos testados e homologados. 
  • Qualidade, os materiais que compõem uma solução construtiva a seco são sempre industrializados, desta maneira o processo de fabricação, suas características técnicas e acabamento passam por rigorosos controles de qualidade;