Saiba como fazer um telhado steel frame: veja o passo a passo!

Saiba como fazer um telhado steel frame: veja o passo a passo!

Telhado tradicional x telhado steel frameTelhado tradicional x telhado steel frame

Para quem não sabe, esse tipo de estrutura é muito utilizada para fazer telhado em steel frame,  permitindo total versatilidade na hora da montagem e na criação de modelos, uma vez que aceitam diversos tipos de telha como as de cerâmicas, fibrocimento e até a Shingle (americana).

Se você ainda possui dúvidas sobre a eficiência do telhado steel frame, este artigo servirá para te mostrar as principais vantagens e benefícios sobre a utilização desta estrutura na sua construção, além de um pequeno passo a passo de instalação, então nos acompanhe!

VANTAGENS DO TELHADO STEEL FRAME

Grande durabilidade: como os perfis das estruturas metálicas são feitas em aço galvanizado com zinco, as chances de corrosão e propagação de incêndio são quase nulas, adquirindo alta durabilidade, estabilidade na forma – pois não empena – e ainda não tem risco de cupim, dando maior segurança nos telhados em steel frame.

Rapidez e agilidade: a construção steel frame é feita de forma fácil e ágil pois as estruturas são fabricadas com as peças já cortadas na medida de cada projeto – seja ele pequeno, médio ou de grande porte – otimizando a obra e evitando o desperdício de material.

Além disso, na hora da montagem da estrutura de steel frame, até o local de prender o parafuso já vem furado, tornando tudo muito mais prático e gastando menos de ? do tempo gasto em construção de telhados tradicionais.

Economia: os valores gastos na construção em steel frame, principalmente telhados, são bem menores quando comparados a estruturas de madeira, levando em consideração o material e a mão de obra utilizada.

O desperdício é de 0%, já que não há cortes na estrutura e erros de montagem são quase ou totalmente impossíveis de acontecer.

Segurança: as construções de casas em steel frame não expõem os montadores, visto que não são utilizadas serras – que são ferramentas perigosas, além do nível de ruído junto ao martelo em obras de alvenaria – e sim parafusadeiras de pequeno porte, muito mais seguras.

Sustentabilidade: as construções de telhado steel frame possuem características exclusivas de sustentabilidade, pois não utilizam água, areia, madeira, cimento e outros materiais que causam impacto no meio ambiente, tornando-se uma obra limpa e não poluente.

Imunidade: devido aos materiais utilizados na fabricação das estruturas de casas em steel frame – aço galvanizado – não existe a possibilidade de proliferação de fungos e bactérias, mofo e insetos como cupins.

Contudo algumas desvantagens também podem existir, como:

  1. Em alguns lugares o investimento inicial é maior
  2. Necessita de mão de obra especializada
  3. Normalmente quem instala a estrutura do telhado não instala as telhas

COMO FAZER UM TELHADO STEEL FRAME?

Antes de iniciarmos o passo a passo da construção de um telhado com estrutura de steel frame, recomendamos a contratação de uma empresa especializada neste tipo de solução e um profissional qualificado para a elaboração do projeto de acordo com as suas necessidades para que nada saia com erro na hora da montagem.

É preciso analisar todas as dimensões, tipos de telha adequada e cálculo de material a ser utilizado.

Caso você não contrate um projeto em que as peças já vêm sob medida, fizemos um passo a passo para te ajudar utilizando o perfil de steel frame vendido em lojas de drywall normalmente em peças de 3 ou 6 metros.

PASSO A PASSO PARA CONSTRUIR UM TELHADO STEEL FRAME

PASSO 1: Corte dos perfis

O primeiro passo para começar um telhado steel frame é definir a altura dos pontaletes que ficarão no centro, observando a inclinação indicada dos caibros, águas do telhado e distância entre os pontaletes secundários. Após a definição, basta cortá-los.

Imagem: Leroy Merlin

PASSO 2: Marcações

Faça as marcações, começando com a linha central (ou linha de cumeeira) que divida a laje em duas partes iguais. É a partir dessa linha que serão demarcadas as linhas secundárias (sempre seguindo a distância dos pontaletes e caibros).

Imagem: Leroy Merlin

PASSO 3: Fixação dos suportes

Em cada ponto de encontro das linhas, posicione o chumbador e fixe-os na laje.

Imagem: Leroy Merlin

PASSO 4: Fixação dos pontaletes

Posicione e fixe os pontaletes nos suportes, utilizando 4 parafusos autobrocantes em cada fixação.

Imagem: Leroy Merlin

Atenção: tente usar parafusos galvanizados também, para evitar qualquer tipo de processo corrosivo nas estruturas.

PASSO 5: Fixação do contraventamento

Seguindo a linha da cumeeira, faça o contraventamento fixando os perfis em formato de “X” nas extremidades, nas diagonais entre os demais pontaletes.

Imagem: Leroy Merlin

PASSO 6: Fixação dos caibros

Posicione os caibros no topo de cada fileira e fixe-os com o auxílio de uma parafusadeira, utilizando 2 parafusos autobrocantes em cada junção.

Imagem: Leroy Merlin

PASSO 7: Fixação dos perfis cartola

Verifique a distância entre fixações de cada tipo de telha para colocar o perfil cartola. Tenha atenção que os perfis cartola devem ter 4 parafusos autobrocantes em cada nó.

Imagem: Leroy Merlin

PASSO 9: Instalação das telhas

O primeiro passo é fazer o transporte das telhas para o telhado e distribuí-las da seguinte maneira: instale a primeira e a última telha para que todas as outras fiquem alinhadas a elas.

Observação: Utilize parafusos para a fixação das mesmas e para evitar vazamento de água utilize fita dupla face para colar uma telha na outra.