Quebrando os diferentes tipos de soldagem

Quebrando os diferentes tipos de soldagem

O termo “soldagem” refere-se a materiais de coalescência, como termoplásticos ou metais, para uni-los sem problemas. A soldagem requer que tanto a pressão quanto o calor sejam aplicados aos materiais que estão sendo unidos, bem como um material de preenchimento que criou uma poça de fusão que resfria, formando uma junção muito forte.

Ao longo dos anos, o processo de soldagem evoluiu muito, e agora existem muitas técnicas diferentes para soldagem. Você precisa escolher o caminho certo para o trabalho em mãos para poder produzir o melhor resultado. Vamos dar uma olhada nos diferentes tipos de soldagem disponíveis.

Soldagem a arco

Quando você  solda, você precisa de eletrodos e uma fonte de alimentação para fazer um arco de solda entre o material que está sendo soldado e o eletrodo. Isso derrete os materiais, permitindo que eles se resfriem e se fundam. Este tipo de processo de soldagem é o mais popular e inclui três dos mais comuns tipos de solda – solda por vareta, TIG e MIG. Existem métodos de eletrodo não consumíveis e consumíveis.

Vara de solda é bastante arcaica nos dias de hoje. É uma forma manual de soldagem que depende de eletrodos consumíveis que são revestidos em fluxo antes de serem usados ​​para fixar a solda. 

O processo é conhecido como solda em bastão, pois utiliza varetas de solda ou varas feitas de material de fluxo e enchimento. O fluxo protege o metal derretido da solda, enquanto o enchimento une as peças de metal. A  soldadura por vareta é acessível e requer apenas equipamento mínimo. Infelizmente, no entanto, a qualidade final da solda nem sempre é perfeita, pois pode ter penetração superficial, porosidade, vulnerabilidade a condições climáticas severas, durabilidade reduzida e rachaduras. Os campos automotivo, de construção, hidráulica e de refrigeração ainda usam técnicas de soldagem por colagem.

Solda MIG

Esse tipo de soldagem também é muito popular. De pé para a soldagem com gás inerte de metal, a soldagem MIG combina duas peças de metal usando um fio conectado à corrente do eletrodo. O fio passa por um bastão de solda protegido por gás inerte. Uma vantagem da soldagem MIG sobre diferentes técnicas de soldagem é sua facilidade de uso e a menor precisão necessária ao operador para fazer uma solda decente. A soldagem MIG é mais sensível ao vento, poeira, chuva e outros fatores externos. Além disso, o operador precisa encontrar a velocidade e a tensão do fio. É um tipo popular de soldagem em reparos automotivos, uma vez que fornece uma solda resistente e forte, se feito corretamente.

Soldadura por arco de núcleo fundido

Semelhante à soldagem MIG, a soldagem por arco de fluxo de arame usa arame tubular que é preenchido com fluxo. Nem sempre é necessário usar gás de proteção com este tipo de solda, dependendo de qual enchimento é usado. Simples de aprender e muito acessível, a soldagem a arco fluxado é boa para iniciantes, embora seus resultados nem sempre sejam esteticamente agradáveis.

Soldagem de arco submerso

Geralmente usado em ligas de aço ferroso e níquel, a soldagem a arco submerso é popular graças às suas emissões mínimas de fumos. Envolvendo a preparação mínima, resulta em uma solda profunda, tornando-a eficiente e rápida.

Soldagem TIG

A soldagem com gás inerte de tungstênio é uma técnica não consumível que utiliza gás argônio para produzir uma solda forte e de alta qualidade. Esta forma de soldagem cria calor, executando a corrente elétrica através do eletrodo de tungstênio. Adequado para uso em todos os tipos de aplicações, o TIG é usado comumente para soldar aço inoxidável, bem como cobre, níquel, alumínio e magnésio.

Solda Electroslag

Este é um processo de soldagem eficiente de passagem única geralmente usado em materiais espessos não ferrosos. É uma técnica complexa que requer muita habilidade e é freqüentemente usada nas indústrias aeroespacial e marítima.

Soldagem a Gás

Esta é uma técnica muito antiga, também conhecida como solda oxiacetilênica. Pode ser antigo, mas permanece em uso hoje em soldagem de tubos e tubulações.

Soldagem em estado sólido

Essa forma de soldagem é produzida usando temperaturas abaixo do ponto de fusão dos materiais e não requer preenchimento. A pressão, o tempo e a temperatura têm, cada um, um papel fundamental a desempenhar na junção dos metais, sem os fundir de forma significativa.

Existem muitos tipos diferentes de soldagem e tipos diferentes requerem diferentes tipos de equipamentos de soldagem, alguns dos quais são fáceis de usar e outros são mais complexos e requerem um nível mais alto de habilidade. Saber qual é o mais adequado para cada projeto é fundamental para o sucesso máximo da soldagem.